Como digitalizar um negócio imobiliário?

Em um mundo cada vez mais inserido em novas tecnologias, o mercado imobiliário não tem opção a não ser se adaptar e ganhar muito com isso.

Pensar em novas tendências de mercado é, automaticamente, pensar na transformação digital e como as empresas devem manter isso em mente se querem se manter atualizadas. No caso do mercado imobiliário não é diferente. Cada vez mais empresas do ramo obtêm sucesso e colhem os frutos de uma digitalização assertiva.

Reinventar um negócio para que caiba na digitalização não significa começar algo do zero. Quer dizer, na verdade, trazer inovação para a forma de se relacionar com o mercado em questão.

Um exemplo disso é a pandemia do novo coronavírus, que avançou uma transformação digital prevista em um projeto para os próximos 5 ou 10 anos. Isso porque, em questão de semanas, as empresas precisaram se adaptar ao modelo remoto e a internet foi a grande responsável por essa rapidez.

Essa revolução tecnológica atingiu todos os setores financeiros, e o mercado imobiliário, é claro, não poderia ficar de fora.

Saiba como digitalizar um negócio imobiliário

É importante ter em mente que digitalizar um negócio não é somente adotar ferramentas digitais. Isso porque a transformação digital representa construir uma nova mentalidade, que atinge todas as esferas da sociedade e causa impactos diretos na maneira de se relacionar, de trabalhar e de desempenhar o papel de cliente.

Por isso, a transformação digital trata de elementos mais amplos como melhorar a experiência do cliente, buscar novas formas de prestar serviços e vender produtos, otimizar os processos e a gestão de pessoal e tomar decisões mais estratégicas.

A compra de um imóvel, seja para morar ou para fazer um investimento, tem tido a tecnologia como aliada para entregar uma melhor experiência na jornada e no funil de vendas. Isso transforma a maneira como o cliente interage e tem acesso às informações sobre os imóveis.

Atualmente, a tecnologia possibilita conhecer um imóvel de forma virtual, através de um tour digital, além de ter acesso às informações sobre formas de pagamento e financiamento.  Além disso, também é possível coletar, assinar e até fechar negócios virtualmente, com a segurança garantida pelas tecnologias.

Com isso, a tecnologia permite que diversas combinações, com o perfil e as preferências do cliente, sejam exploradas, Dessa forma, as pessoas podem encontrar um apartamento no Ecoville ou uma casa de acordo com suas necessidades e sem precisar sair de casa para isso.

Outra vantagem da digitalização é que os compradores em potencial podem saber mais informações sobre a construtora, a localização do imóvel e a reputação do bairro. Esse tipo de avaliação, comum na internet, favorece a compra e previne desentendimentos e confusões futuras.

Os benefícios para empresas imobiliárias

As empresas do ramo também saem em vantagem com o processo de digitalização. Entregar um melhor processo de compra, que deixa tudo mais ágil, moderno e flexível, significa atingir uma maior amplitude de público. Isso porque a transformação digital é capaz de agilizar o tempo da venda de um imóvel além de aumentar o campo da abrangência territorial e atingir interessados que vêm até de outras cidades.

Se adaptar aos novos modelos digitais é uma questão de vida ou morte para as empresas. Isso porque ser eficiente e ágil passou a ser fundamental em um mundo onde os dispositivos móveis e a disseminação da internet dinamizaram e aceleraram as relações entre as pessoas.

O setor imobiliário é sempre um dos primeiros a sofrer impactos de oscilação na economia e, por isso, deve sempre estar preparado para adaptações. Quando o ambiente é de incertezas, o segmento imobiliário é um dos que mais sofre com a diminuição no volume de negócios e, por isso, um dos últimos a mostrar qualquer sinal de recuperação.

Novo modelo de cliente

De acordo com uma pesquisa realizada pela Today, os Millennials (nascidos entre 1980 e 2000), representam mais da metade dos consumidores do mercado online digital no Brasil. Isso porque, nascidos na era dos dispositivos móveis, hoje são a maior parte da mão de obra do país e contam com o maior poder de compra. O levantamento também mostrou que cerca de 82% dos entrevistados utilizavam um smartphone.

Esse modelo de consumidor conta com particularidades em seus hábitos de consumo, já que nasceram em mundo conectado ou, pelo menos, acompanharam essa transformação desde muito jovens.

Além disso, essa pesquisa ainda revela que cerca de 80% dos clientes que hoje têm entre 25 e 39 anos dão preferência por alugar imóveis em vez de comprá-los. O sonho da casa própria, então, é adiado ou simplesmente descartado em um mundo de mais incertezas.

Opções de ferramentas para digitalização

Tour virtual: um tour virtual 360° permite que as empresas imobiliárias projetem um tour virtual do seu empreendimento e ofereçam aos seus clientes no seu site e também para os corretores. O próprio Google Street View pode ser um aliado para isso, e atualmente existem diversas agências especializadas na realização deste trabalho.

DocuSign: integrada ao aplicativo Vimob, essa inovação permite que o contrato seja enviado ao cliente por e-mail para assinatura. Isso evita a necessidade de contato físico para a assinatura e deslocamento até a empresa. A assinatura digital ajuda também a acelerar o processo.

Sun Seeker: esse aplicativo auxilia para que o corretor promova seu imóvel. Através do app, é possível mapear os lugares em que o sol bate durante o dia, o que facilita a escolha dos compradores.

Magik Plan: através desse app é possível montar a planta baixa de um apartamento e oferecer isso como diferencial a um cliente. Além disso, é possível medir um ambiente e mostrar ao cliente para que ele entenda a futura disposição dos móveis.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.