Empreendedores cariocas: como empreender e ter sucesso no RJ

Empreender no Brasil não é fácil. São centenas e centenas de horas para lidar com a carga tributária e outras responsabilidades, sem falar na burocracia. No entanto, o país é gigantesco e possivelmente as coisas são diferentes em cada estado. Sendo assim, como empreender no RJ? Será que as coisas são mais fáceis no Rio de Janeiro?

É verdade que a Cidade Maravilhosa e o estado em geral apresentam um nível de informalidade um pouco maior. A população tem seus próprios hábitos e cultura, o que leva a necessidade de ter estratégias próprias.

Se você quer saber mais sobre como empreender no RJ, siga a leitura do artigo abaixo!

Como empreender no RJ: o estado é amigável ao empreendedorismo?

O Sebrae desenvolve regularmente o Isdel, o Índice Sebrae de Desenvolvimento Econômico Local. A ideia do índice é medir o nível de desenvolvimento de cada estado e a facilidade de empreender nesses lugares.

O Isdel leva em consideração 30 fatores econômicos, todos de origem de fontes oficiais, para medir o Capital Empreendedor do estado, seu Tecido Empresarial, a Governança para o Desenvolvimento, a Organização Produtiva e a Inserção Competitiva local. Tudo isso recebe notas de 0 a 1 para poder chegar a conclusão sobre qual é o estado mais indicado para o desenvolvimento econômico.

Tendo o Isdel como base, o Rio de Janeiro é o segundo melhor estado do Brasil para se empreender, atrás apenas de São Paulo. Isso mostra que RJ é sim um bom lugar para empreender, desde que se saiba aproveitar as oportunidades locais.

Quais as melhores áreas para empreender no RJ?

Restaurantes

A cidade do Rio de Janeiro é um dos maiores pólos turísticos do Brasil. Gente do mundo inteiro viaja até o Rio para conhecer a praia de Ipanema e Copacabana, o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar e tantos outros pontos turísticos.

Por isso, trabalhar com restaurantes é uma ótima maneira de como empreender no RJ. Afinal, há sempre um bom ritmo de turistas disponíveis. Aliás, não só na capital fluminense, mas também em outras cidades como Angra dos Reis e Arraial do Cabo, que recebem muitos turistas nacionais.

Aliás, é importante ter em mente que existem muitas formas de empreender no ramo alimentício no Rio de Janeiro. Uma opção é usar o Rappi Rio de Janeiro para servir pratos para turistas em hotéis, uma vez que muitos podem se sentir inseguros em sair para jantar à noite na cidade, por exemplo.

Entretenimento

A área de entretenimento é riquíssima no Rio de Janeiro, não só porque a cidade é a sede da maior rede de televisão da América Latina e, portanto, casa de alguns dos principais atores, roteiristas e diretores do país, mas também porque é uma sede histórica da elite artística do Brasil.

Portanto, empreender na área do entretenimento, seja organizando shows, seja montando peças de teatros e outros tipos de atrações artísticas, é um bom caminho, especialmente se você tiver um diferencial interessante.

Uma opção, por exemplo, é montar shows exclusivos para turistas (voltaremos a falar deles ainda). Outro é focar nos diversos públicos do estado, desde quem está mais para o interior, até quem mora na capital.

Turismo

O turismo é, talvez, a principal atividade econômica do Rio de Janeiro. A maior parte do fluxo de turistas internacionais e nacionais fica na capital fluminense, mas há muito mais o que explorar no resto do estado

Portanto, uma boa ideia é criar oportunidades de empreendimentos que explorem melhor o turismo no Rio de Janeiro.

Por exemplo, que tal montar um circuito turístico das praias do estado? Talvez organizando uma viagem para turistas focada apenas em visitar as melhores praias do Rio?

Outra ideia é estabelecer uma rota de exploração de lugares pouco badalados no estado, mas que poderiam ser excelentes pontos turísticos se houvesse um pouco mais de destaque.

Seja como for, trabalhe com um diferencial e aproveite o bom fluxo de turistas para alimentar o seu empreendimento.

Como dar o primeiro passo para empreender no Rio de Janeiro?

Ter uma boa ideia é apenas parte do trabalho de empreender no Rio de Janeiro. Não basta apenas surgir com um diferencial interessante. É preciso tirar a ideia do papel do jeito certo, contratar a mão de obra adequada e ter um bom plano de marketing para lançar seu projeto.

Portanto, o primeiro passo é fazer um estudo de mercado e levantar o capital necessário para poder dar início ao seu negócio. Veja quanto será necessário para começar a fazer o projeto e busque em bancos de desenvolvimento o capital para investir.

Em seguida, se una com as melhores pessoas possíveis para que o seu negócio dê certo. Estude para saber quem realmente entende do assunto e contrate ou forme parcerias com quem é talentoso de verdade.

Pronto, agora você já sabe como empreender no RJ e já tem algumas ideias básicas para tirar do papel. O que achou do conteúdo? Conte pra gente nos comentários abaixo!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *