SEO em 2020: entenda o que ainda funciona

Estabelecer estratégias de otimização de buscas para sites sempre foi essencial para empresas que apostam no Marketing Digital. No entanto, o que será que ainda funciona em termos de SEO em 2020?

Afinal, uma coisa é fato: o Google está sempre mudando, se adaptando e pensando em novas formas de estabelecer os resultados das pesquisas dos seus usuários. Um exemplo disso foi o lançamento do BERTI em 2019, novo algoritmo que mudou muita coisa em termos de SEO.

Mas e aí, se você quer saber como divulgar no Google com sucesso neste ano, precisa entender o que funciona e o que não funciona no SEO em 2020. Está pronto para isso? Então siga a leitura!

A sigla E-A-T é essencial no SEO em 2020

Sempre que falamos sobre otimização de buscas para o Google, costumamos repetir termos como autoridade, confiança e expertise. Há uma razão para isso: o buscador considera esses termos essenciais para o ranqueamento.

Por exemplo, suponha que exista uma dúvida médica sobre determinado remédio ou procedimento hospitalar. As pessoas podem esclarecer essa questão com duas pessoas: o Neymar, atacante da Seleção Brasileira, ou o Dráuzio Varella, médico famoso que aparece em vários programas de televisão.

Para quem você acha que as pessoas vão perguntar? Para o Dráuzio Varella, claro.

Isso não significa que o Neymar não saiba responder a questão. Talvez ele se interesse pelo assunto, talvez tenha esse conhecimento por experiência própria. Mas acontece que, para esse assunto, o Dráuzio Varella tem o que o Google chama de E-A-T: expertise (experiência), authoritativeness (autoridade) e trustworthiness (confiança).

Esses três termos estão descritos nas boas práticas para ser encontrado no Google de acordo com o próprio buscador.

Usando esses fatores, o Google entende para quem deve direcionar cada usuário, avaliando cada site em termos de Experiência, Autoridade e Confiança.

Assim, todas as técnicas de SEO em 2020 devem girar ao redor desses elementos. É necessário informar ao Google que o seu site têm E-A-T em todos os assuntos tratados por você.

Produza seu conteúdo tendo a semântica em consideração

O lançamento do algoritmo BERTI em 2019 tornou algo obrigatório dentro dos artigos que precisam ranquear bem no Google: a semântica.

Quem já trabalhava na vanguarda da produção de conteúdo já usava elementos semânticos dentro dos seus artigos, incluindo variações de palavra-chave, sinônimos, plural e outros elementos semânticos.

No entanto, o BERTI é um algoritmo que valoriza muito mais esse tipo de coisa, o que faz com que seja praticamente obrigatório o uso de elementos semânticos para garantir uma boa colocação do seu conteúdo no Google.

Por exemplo, um artigo cuja palavra-chave principal seja algo como “melhor carteira de ações”, deve usar termos semânticos como:

  • “melhores ações para investir”;
  • “melhores ações para comprar”;
  • “carteira de ações recomendada”;
  • “investir na Bolsa de Valores”.

Isso porque esses termos estão relacionados ao assunto principal e o Google compreende que eles são necessários para montar um bom artigo sobre o tema.

Direcione o seu site para os featured snippets

Os featured snippets são aquelas inserções especiais que aparecem na página de resultados de buscas no Google, com pequenos pedaços de informações específicas.

Por exemplo, se você buscar por “idade do Pelé”, aparecerá um featured snippet indicando a idade do ex-atleta, antes mesmo de qualquer site com a resposta.

O Google compreende que os sites que contribuem com mais featured snippets são mais confiáveis e de maior autoridade, o que significa ter um aumento orgânico maior de tráfego para a sua página.

Dessa forma, uma boa estratégia de SEO em 2020 e nos próximos anos é investir para otimizar o seu site em relação aos featured snippets.

Preencha seu cadastro no Google Meu Negócio

Todas as agências de Marketing Digital já sabem que o Google Meu Negócio é essencial para qualquer empresa, desde as que atuam em ramo local até as que trabalham online.

Isso porque o cadastro no Google Meu Negócio coloca a empresa em um dos maiores diretórios de empresas no mundo. No entanto, o cadastro também ajuda a aumentar a autoridade do site da empresa.

Uma das maneiras em que isso acontece é ao receber reviews e avaliações do público consumidor. Como o cadastro está linkado ao site, o Google compreende que cada avaliação no Google Meu Negócio é como um voto de confiança ao site.

Isso sem falar no fato de que o Google Meu Negócio é uma ótima estratégia para conseguir tráfego e clientes sem precisar do seu site para isso. Afinal, o Meu Negócio sempre terá prioridade nas pesquisas por empresas e produtos.

Dessa forma, com o cadastro bem preenchido e todas as informações disponíveis, você terá muitos clientes que nem precisarão visitar o seu site para entrar em contato com você.

E aí, aprendeu como funciona o SEO em 2020? Essas são as principais estratégias para quem quer voar para a primeira página do Google e obter mais tráfego com o seu site.

Qual a sua opinião sobre as mudanças dos algoritmos do Google nos últimos anos? Conte pra gente nos comentários abaixo!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *